Este Glossário de Finanças contém a representação de siglas, abreviaturas e termos técnicos utilizados em Finanças e áreas afins, em português e também em inglês. Quando tiver indicação de capítulo, seção ou subseção de livro, refere-se ao do livro Administração Financeira e Orçamentária, de autoria de Masakazu Hoji, publicado pela Editora Atlas.

 

 

A~B

 

C~D

 

E~H

 

I~L

 

M~O

 

P~R

 

S~Z

 

 

 

E

 

EAD  Educação à Distância. Ensino via internet.

 

Ebitda  Earning before interest, taxes, depreciation and amortization (LAJIDA - Lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização). Ver Capítulo 12.

 

E-business  Relacionamentos comerciais via internet.

 

EEA  Ver AEE.

 

E-mail  Correio eletrônico, em inglês.

 

EMBI+  Emerging Market Bonds Index. Índice que mede o nível do risco país. O índice do risco Brasil é monitorado pelo banco americano J.P.Morgan.

 

Embrapa  Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, foi criada em 26-4-1973 para viabilizar soluções para o desenvolvimento sustentável do espaço rural.

 

Embratur  Empresa Brasileira de Turismo. Autarquia que cuida da política de turismo do Brasil.

 

Endosso  Transferência de propriedade por meio de cessão, geralmente, com a assinatura no verso do título.

 

Entidade fechada de previdência privada. Ver Fundo de pensão.

 

Equity  Patrimônio líquido.

 

Equivalência de capitais  Dois ou mais valores de datas diferentes que, quando descontados a valor presente ou atualizados para uma data focal à mesma taxa,  produzem valores iguais.

 

ERP  Enterprise Resource Planning. Software de gestão integrada, composto de vários módulos.

 

Estagflação  Situação em que a economia de um país está simultaneamente em recessão e com inflação.

 

Euribor  Taxa interbancária dos países-membros da União Européia.

 

Euro  Moeda única adotada a partir de janeiro de 1999, pela maioria dos países da União Européia.

 

Euroclear  Instituição européia que realiza a custódia e liquidação financeira de ações e títulos.

 

EVA  Economic value added (Valor econômico adicionado). Ver Capítulo 12.

 

Exercício de opção  Ato de o comprador de uma opção exercer seu direito de comprar ou vender ao preço contratado.

 

Eximbank  Export-Import Bank. Banco ou agência governamental que tem o objetivo de fazer financiamentos ao Comércio Exterior (no Brasil, o BNDES, faz esse papel).

 

F

 

FAC  Fundo de Aplicação em Cotas. É o fundo que aplica em cotas de outros fundos de investimento.

 

Factoring  Fomento mercantil. Atividade não sujeita à fiscalização do Banco Central. Ver Capítulo 3.

 

Fapi  Fundo de Aposentadoria Programada Individual.

 

Fasb  Financial Accounting Standards Board (Conselho de Normas de Contabilidade Financeira). É uma instituição norte-americana, equivalente ao Conselho Federal de Contabilidade, no Brasil.

 

FAT  Fundo de Amparo ao Trabalhador.

 

Fator de juros  (1) Multiplicador que atualiza um valor e calcula o montante (principal + juros). Nesse caso, pode ser chamado de fator de atualização. (2) Divisor que serve para descontar um valor futuro, para calcular o valor presente. Nesse caso, pode ser chamado de fator de desconto.

 

FCESP  Federação do Comércio do Estado de São Paulo.

 

FDIC  (1) Fundo de Investimento em Direitos Creditórios. É conhecido como fundo de recebíveis. (2) Federal Deposit Insurance Corporation. É uma agência governamental americana, cuja missão é preservar e promover a confiança do público no sistema financeiro americano, através de seguros que garantem os depósitos bancários em bancos e instituições de poupança. Semelhante ao nosso Fundo Garantidor de Créditos.

 

FEA-USP  Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo.

 

Febraban  Federação Brasileira de Bancos.

 

FED  The Federal Reserve (Banco Central norte-americano).

 

Fenaseg  Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e de Capitalização.

 

FGC  Fundo Garantidor de Créditos. Garante até um determinado limite (R$ 60 mil, em janeiro/2007), por depositante ou aplicador de seguintes modalidades: depósito a vista ou sacáveis mediante aviso prévio, caderneta de poupança, depósito a prazo (CDB e RDB), letra de câmbio, letra imobiliária e letra hipotecária.

 

FGTS  Fundo de garantia do tempo de serviço.

 

FGV  Fundação Getúlio Vargas.

 

Fierj  Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro.

 

Fiesp  Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.

 

FIF  Fundo de investimento financeiro.

 

Filhote  Ação recebida sem a necessidade de pagamento. Ver Bonificação em ações.

 

Finam  Fundo de Investimentos da Amazônia. Órgão do governo com interesse em desenvolvimento da Amazônia Legal, que compreende os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão (a oeste do meridiano de 44°). Operado pelo BASA.

 

Finame  Agência Especial de Financiamento de Máquinas e Equipamentos, do BNDES.

 

Finep  Financiadora de Estudos e Projetos. É empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

 

Finor  Fundo de Investimento do Nordeste. Abrange a região Nordeste, Norte de Minas Gerais e Estado de Espírito Santo. Administrado pela Sudene e operado pelo BNB.

 

Finsocial  Fundo de Investimento Social.

 

Fiocruz  Fundação Oswaldo Cruz. Instituição vinculada ao Ministério da Saúde, localizada em Manguinhos, no Rio de Janeiro.

 

Fipe  Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, da USP. Ver Capítulo 3.

 

Fipecafi  Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras, da USP.

 

Fiset  Fundo de Investimento Setorial. Existem os seguintes fundos setoriais: Fiset Reflorestamento, Fiset Pesca, Fiset Turismo

 

Fitch IBCA  Agência de classificação de risco. Utiliza níveis de classificação como: A, AAA, A+, A-, BB, B+ etc., sendo o melhor nível AAA e o pior, DDD.

 

Fluxo de bens e serviços  Seqüência que os bens e serviços seguem desde o início até o término da produção.

 

FMI  Fundo Monetário Internacional. Organismo financeiro internacional criado em 1944, com o objetivo de promover a cooperação monetária entre os países-membros e a estabilidade cambial internacional, auxiliando países na resolução de problemas financeiros temporários.

 

FOB  Free on board (livre a bordo). É o valor da mercadoria sem o seguro e o frete.

 

Fomc  Federal Open Market Commitee (Comitê de Política Monetária dos Estados Unidos).

 

Fomento mercantil  Ver Factoring.

 

Foreign exchange  Câmbio.

 

Fórum  Local físico destinado às repartições do Poder Judiciário.

 

Franchising  Sistema pelo qual a empresa detentora de uma marca registrada, processo de produção ou comercialização permite a outras empresas utilizar sua marca ou processo, mediante pagamento de uma taxa ou de percentual sobre a receita.

 

Franquia  (1) Parcela com que o segurado participa em caso de sinistro. (2) Sistema de comercialização ou processo. Ver Franchising.

 

Fumcap  Fundo de Desenvolvimento do Mercado de Capitais.

 

Funcex  Fundação Centro de Estudos do Comércio Exterior.

 

Fundo agressivo  Fundo que opera geralmente com derivativos. Suas cotas estão sujeitas a grandes variações.

 

Fundo balanceado  Fundo de investimento que busca retorno no longo prazo por meio de investimento em ativos de diversas naturezas (renda fixa, ações, câmbio etc.), sem utilizar alavancagem.

 

Fundo cambial  Fundo referenciado em câmbio. Fundo com parcela significativa de seu patrimônio aplicado em títulos indexados à variação do dólar.

 

Fundo de ações  Conhecido também como fundo de renda variável. Os títulos que lastreiam os fundos de ações são compostos basicamente de ações.

 

Fundo de ações indexado  É chamado fundo de ações passivo, pois seu portfólio é composto de ações ou derivativos que buscam acompanhar o índice proposto, tais como o Ibovespa, o IBX etc.

 

Fundo de ações setorial  Fundo de investimento que aplica em ações de determinados setores: telecomunicações, energia, petróleo etc.

 

Fundo de derivativos  Fundo de investimento que opera com ativos primários e também com parcela significativa de derivativos.

 

Fundo de pensão  Entidade fechada de previdência privada. Os participantes são somente os empregados da empresa patrocinadora do fundo.

 

Fundo de previdência  Fundo de investimento que tem a finalidade de garantir a aposentadoria dos investidores.

 

Fundo de renda fixa  Fundo de investimento que opera basicamente com títulos públicos federais, títulos privados (debêntures) e CDBs. Dependendo do enquadramento do fundo, pode utilizar derivativos para proteção ou para alavancar a rentabilidade.

 

Fundo de renda variável  Ver fundo de ações.

 

Fundo DI  Fundo referenciado em DI. Fundo com carteira composta basicamente de títulos que acompanham a variação do CDI. É um fundo de baixo risco, pois, pelas próprias características desses fundos, são obrigados a aplicar parcela significativa de seu patrimônio em títulos públicos federais ou títulos privados com baixo grau de risco de crédito.

 

Fundo imobiliário  Fundo de investimento constituído sob a forma de condomínio fechado, cujo patrimônio é destinado a aplicações em empreendimentos imobiliários. As cotas desses fundos não são resgatáveis antes do vencimento, mas são negociáveis.

 

Fundo multi-índice  É um fundo de renda fixa, que busca retorno aplicando em ativos de renda fixa de qualquer nível de risco, sem assumir risco de renda variável (ações) e de dólar.

 

Fundo multimercado  Fundo de investimento que busca maximizar sua rentabilidade no longo prazo, atuando em vários mercados (ações, renda fixa, câmbio etc.), aproveitando as oportunidades de mercado.

 

Fundo referenciado  Fundo de investimento que segue a variação de determinado indicador de mercado proposto (benchmark). De acordo com a regulamentação, pelo menos 95% de sua carteira deve ser composta de ativos que acompanham o indicador de referência. Ex.: o Fundo DI deve ter em sua carteira, pelo menos 95% de títulos indexados a DI.

 

Fusão  União de duas empresas em uma só.

 

FV  Future valor. Ver VF (valor futuro).

 

G

 

G-7  Grupo dos sete países mais industrializados, composto por: Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Canadá, Itália.

 

G-8  Grupo de oito países, composto por países do G-7 e Rússia.

 

Gaap  Generally accepted accounting principles (Princípios contábeis geralmente aceitos).

 

GAF  Grau de alavancagem financeira. Ver Capítulo 9.

 

Gasto  Aplicação de recursos para produzir bens e serviços. O conceito de gasto é amplo e engloba o pagamento pela compra de investimentos, pagamento de despesas ou pagamento de custos.

 

Gatt  General agreement on tariffs and trade (Acordo geral de tarifas e comércio).

 

GGF  Gastos gerais de fabricação. O mesmo que CIF.

 

Grace period  Prazo de carência, em inglês

 

Grau de aversão ao risco  Classificação de investidor de acordo com o nível de aceitação ou não de assumir riscos em um investimento.

 

H

 

Habeas corpus  Medida judicial de caráter urgente, que pode ser impetrada por qualquer pessoa, sempre que alguém sofrer ou se achar na iminência de sofrer violência ou coação ilegal na sua liberdade de ir e vir.

 

Hedge  Operação de natureza financeira que tem a finalidade de eliminar ou reduzir um risco. Ver Capítulo 10.

 

High Yield  Alta taxa de retorno, em inglês.

 

Holding  Empresa controladora de um grupo de empresas.

 

HOLDR  Holding Company Depositary Receipt. Título emitido por empresas holdings.

 

Home broker  Sistema que permite realizar compra e venda de ações por meio de internet.

 

 

 

A~B

 

C~D

 

E~H

 

I~L

 

M~O

 

P~R

 

S~Z

 

 

© DIREITOS RESERVADOS 2007 HOJI Consulting